Home > > Raias se reproduzem no Aquário de Ubatuba

Raias se reproduzem no Aquário de Ubatuba

Publicado em 12 de junho de 2015

Compartilhe

12.06A Raia Viola de Cara Curta “Zapteryx brevirostris” é uma espécie endêmica do Atlântico Sul que ocorre do sudeste do Brasil até a Argentina e algumas podem ser vistas e, até mesmo tocadas no “tanque de contato” do Aquário de Ubatuba.

 

O Aquário tem há vários anos, o registro da primeira reprodução em cativeiro desta espécie e nesta semana, nasceu mais uma fêmea com 13 cm comprimento total e 5,5 cm de disco. Em geral a postura pode ter até 6 ovos.

Considerada como Vulnerável pela IUCN , a espécie sofre pressão pesqueira por ser capturada incidentalmente na pesca de arrasto de camarão.

“Um dos principais objetivos de zoológicos e aquários e a reprodução de espécies ameaçadas e o conhecimento adquirido com o nascimento destes exemplares pode ajudar no futuro a conservação desta espécie”, afirma o oceanógrafo Hugo Gallo, Diretor do Aquário.

“O desafio agora e mantê-la bem e se alimentando nas etapas iniciais de desenvolvimento” afirma Gallo.

 

AQUÁRIO DE UBATUBA
O Aquário de Ubatuba, fundado por oceanógrafos em 1996, foi o primeiro aquário privado do país e serve como exemplo de empreendimento voltado a educação ambiental com específica ênfase aos ambientes aquáticos, contribuindo assim para o conhecimento, valorização e consequente conservação dos ambientes costeiros e de água doce do país.
Serviços:
Horário de Funcionamento:
De Domingo a Quinta, das 10h00 às 20h00;
Sextas, sábados e feriados, das 10h00 às 22h00
Endereço: Rua Guarani, 859 – Itaguá, Ubatuba (SP)
Tel: (12) 3834.1382


Compartilhe

Videos